Tendências para 2018

Evitamos a palavra previsões de vez trazer uma interpretação errônea. Em geral, fazemos uma apreciação sobre as diferentes energias atuantes e vemos, então, as tendências.

A verdadeira passagem de ano: 20 de março (terça-feira) às 13h27min

Regência do ano
Júpiter

Júpiter é generoso; magnânimo e exuberante. É harmonia, lei e religião; é a esfera jurídica, diplomática e os preceitos éticos, filosóficos, e religiosos.

Expansão e engrandecimento; progresso; diversão; domínio; aspirações morais e religiosas; verdade e fé.

Júpiter é o despertar da consciência através dos valores filosóficos, da fé e da espiritualidade, dando um novo sentido à existência. É a busca da paz interior.
Júpiter traz o diálogo entre todas as formas de religiosidade, ciência e fé.

Júpiter é o salto que transcende a realidade. Júpiter e Saturno manifestam os aspectos cíclicos da vida.

  • Metal:  Estanho
  • Pedra: Pedras azuis e a Ametista
  • Cores: Azul, Índigo e Púrpura
  • Parte da planta: Flores
  • Dia da semana:  Quinta-Feira
  • Partes do corpo: Musculatura em geral e o Fígado
  • Palavra-chave: Expansão

No ano passado viemos de um processo de Saturno, de ceifar. Tudo se modificou. Saturno tirou as máscaras, mostrou as verdadeiras faces. Tudo que não mais servia foi derrubado, foi modificado.

Este final de ano será confuso, principalmente, em termos das estruturas sejam elas sócio-econômicas, familiares ou políticas, por exemplo, qualquer que seja o sistema, será questionado. É o julgamento final de Saturno.

Júpiter é expansão
Agora, Júpiter irá expandir tudo. Aquilo que ficou de pé, Júpiter fará o julgamento final. Será um julgamento para as ações do próximo ano regido por marte. Júpiter pode expandir a força da contração de Saturno. Júpiter expõe tudo. Como Júpiter é a expansão em todos os sentidos: expansão da consciência, do conhecimento e da iluminação; expansão também da justiça, Júpiter é o símbolo da boa sorte.

Caso não tenha algo de positivo para expandir, o negativo o será. Júpiter mal canalizado pode trazer a expansão dominadora e não a expansão sábia. Pode trazer também a expansão corpórea e não a expansão energética. Júpiter é a busca de um sentido mais coletivo para a vida. Vai além do cotidiano e comum.

Júpiter nos leva a ver além daquilo que os olhos físicos podem enxergar. É o grande salto que transcende a realidade.

Júpiter e o melhor de cada um
Júpiter irá exigir que cada um passe aquilo que tem de melhor. Temos que nos expor, sem medos. Júpiter é o símbolo da nobreza em todos os aspectos. Está longe da timidez de Saturno e da petulância de marte.

Júpiter é progresso, e todos, sem distinção, temos um compromisso com o progresso. Júpiter é entusiasmo. Esta palavra deriva da concepção de estar arrebatado, cheio de inspiração, cheio de paixão.

Júpiter e a busca espiritual
Júpiter traz a busca espiritual, mas com equilíbrio. É o caminho de volta a deus. É o grande marco do retorno à casa do pai. Este retorno deverá ser feito pela expansão mental de Júpiter. Júpiter é a própria doação do amor.

Cuidado para não transformar a religiosidade de Júpiter em superstição ou fanatismo.

Júpiter e a prosperidade
Júpiter também é dinheiro. Lembrando que o dinheiro deve ser usado para trazer benefícios a que todos têm direito e não para escravizar o homem. O dinheiro é para servir e não para ser servido. Júpiter é generoso e bastante caritativo.

Este é o melhor ano para aqueles que buscam o enriquecimento.

Júpiter gosta do movimento, portanto não pode esperar sentado pelo dinheiro. Vá à luta! Sem medos. Lembre-se de que o medo atrai exatamente aquilo que tememos.
Jípiter também gosta dos refinamentos venusianos. Lembre-se que mesquinhês atrai mesquinhês. Não guarde aquilo que você tem de melhor somente para as visitas. Use. Você tem direito.

Júpiter e o eu superior
É o ego divino que deverá se expandir e não o ego personalístico. Muito cuidado para que não se afogue mais e mais no ego pessoal.

Júpiter e a filosofia
É um ano para ousadias. Devemos acreditar que existe algo melhor no desconhecido. Caso não ouse, haverá uma inércia. Júpiter é o planeta da filosofia. Haverão muitos questionamentos para melhor compreensão de tudo. Júpiter nos traz novas diretrizes em nossas vidas, tanto a nível pessoal como coletivo.

Júpiter e a cultura
Júpiter favorece a todos os processos culturais e educacionais. Todos aqueles ligados ao ensino terão boas chances. O conhecimento, mais do que nunca, deverá ser transmitido. O conhecimento poderá ser revertido em sabedoria. Mas devemos lembrar-nos que saber mais não torna a vida de ninguém mais fácil. Daí se dizer que a ignorância é uma bênção.

Regência
Júpiter rege sagitário, signo do exagero e do otimismo e peixes também exagerado com suas emoções, mas sempre tentando romper com os limites.
Os signos mais desfavoráveis a Júpiter são virgem e gêmeos. Nada pior para fé e aprendizado do que as milhares de perguntas dispersas de gêmeos e o apego aos detalhes de virgem. Júpiter se exalta em câncer, favorecendo aos seus nativos.

Trânsitos planetários

Júpiter entrará o ano no signo de escorpião influenciando os interesses financeiros, a sexualidade e as transformações mais profundas. Ficará neste signo até novembro, intensificando a vontade de empreender e a sexualidade. No período entre 10 de março e 10 de julho, Júpiter estará retrógrado, o que pode causar situações de risco em tudo o que influencia, pois nos leva aos excessos, como gula, vícios, fanatismos, fé cega em algo mirabolante com decisões inconsequentes e impensadas. O cuidado neste período é muito importante, principalmente com o otimismo desenfreado, sem qualquer limite.

A partir de 10 de novembro Júpiter entra em sagitário, conferindo-lhe um caráter bastante aventureiro. Como regente deste signo, trará fartura duplicada, acentuando suas características positivas de boa sorte em tudo. É o momento das viagens

Saturno estará em capricórnio, despertando em nós o nosso lado prático das coisas, a organização, a ambição e a responsabilidade. Nos instiga à persistência diante de qualquer obstáculo. É a necessidade de se traçar metas. Haverá um retorno às profissões antigas e maior valorização das pessoas mais velhas.

Urano inicia o ano em áries e entrará em touro em 14 de maio e ficará até 06 de novembro, trazendo boas perspectivas para o trabalho e finanças. Muita criatividade para atrair dinheiro.

Netuno estará em peixes, em junho estará retrógrado, voltando em novembro fazendo com que a espiritualidade seja vivenciada no cotidiano com ética, altruísmo e atitudes mais tolerantes.
Netuno em peixes intensifica os valores místicos e religiosos, favorecendo as expressões musicais e qualquer expressão artística.

Plutão em capricórnio rompe com todas as estruturas de poder, com as forças estagnadas.

Orixás Regentes de 2018
Exu e Yansã

Exu representa a força que mantém a criação em sua dinâmica, não pode atuar de forma parcial ou mesmo de forma constante num mesmo sentido. Diferente de outros Orixás que tendem à apresentação de padrões e arquétipos bem definidos, Exu representa exatamente a quebra do pré-definido, a subversão da ordem estabelecida, entre outras funções essenciais ao pleno funcionamento do cosmo.

Exu não polariza nada assim como a mente o faz. Exu não divide nada em certo e errado; bom e ruim; bem e mal; luz sem sombra. Mas sabemos que não há amargo sem doce. As polaridades são simplesmente indispensáveis. Quando olhamos só olha para a luz, esquecemos a importância da sombra. Enquanto estivermos completamente subjugados pela dicotomia terrena, não nos permitimos observar o todo.

Aproveitamos para rejeitar aqui qualquer comparação entre esta grande força da criação e o conceito cristão de diabo ou satanás. Como nos ensina o professor Beniste: “na cultura Yorubá, como nos candomblés Kétu, não há nenhuma divindade que se assemelhe ao diabo ou o demônio dos cristãos.” Exu é o informante dos acontecimentos diários na terra.

Tanto o bem como o mal são partes indivisíveis de Deus. Não haveria criação ou criado sem os opostos.

Acrescentamos ainda que o mundo dos opostos, conforme nos ensina brilhantemente a doutrina budista, é exatamente o que se encontra entre nós e a plena realização espiritual. Enquanto estivermos presos a julgamentos continuaremos presos à esta realidade. Como duas faces da mesma moeda, se escolhemos só realizar o denso, nos esquecendo do sutil, permaneceremos com uma das metades da realidade, presos ao cativeiro da parcialidade e da ignorância.

Seria o Deus Mercúrio na tradição europeia, por exemplo. Como os deuses e os humanos não habitam o mesmo plano, deve-se sempre louvar a força responsável por deslocar do mundo dos homens em direção ao mundo dos deuses, qualquer pedido de intervenção desejado.

Assim, a força de Exu é considerada, de forma genérica, a energia primordial, responsável pela comunicação entre os planos e realização de tudo quanto há.

Exu deve ser sempre reverenciado em primeiro lugar uma vez que não podemos movimentar a energia que for sem o “consentimento” de Exu. Nenhum Orixá poderá ser animado sem que Exu esteja lá atuando no sentido desejado. Lembramos ainda mais uma vez que não se deve confundir essa força Exu considerada um padrão energético cósmico que atua de inúmeras formas, com a forma assumida por seres de planos elevados que conhecemos como a falange de Exu e Pombagira. Vale ressaltar que Pumbo Ingila e, posteriormente, Bombogira, que gerariam a palavra Pombagira, seria o inquice (nome dos deuses da tradição de Angola) equivalente ao Orixá Exu Nagô. Na Umbanda Exu toma o nome de catiço para diferenciá-lo do orixá.

Yansã é a grande corregente de 2018.
Yansã é o Orixá do vento, do raio e das tempestades. Rege a sexualidade feminina. É a senhora dos cemitérios, soberana dos espíritos dos mortos (eguns), encaminhando-os para o outro mundo.

Dona das paixões rege a eletricidade e a velocidade. É energia viva, pulsante e vibrante. É o desejo incontido, o sentimento que vence a razão.
Em seu lado positivo, traz o poder de decisão, reservando-nos um futuro brilhante, atuando com franqueza e generosidade.

No lado negativo, simboliza as ciladas, lutas com dificuldades, nervosismo, a falsidade dentro de casa, os golpes familiares, confusão, falsos amigos, roubos, perdas por se falar demais e exaltação dos sentimentos.

Arcano do Tarot Regente de 2018
11 – A Força

Representa a força, convicção, coragem, virtude, energia moral, calma e domínio de todas as paixões. É o poder mental que vence toda a força bruta. Devemos entender que a força não está em nossos músculos, mas sim, em nossa mente. É o sucesso nos empreendimentos.

Simboliza um controle sobre qualquer situação. Coragem com muita energia, aliadas na resolução de qualquer problema. Simboliza também uma habilidade para encontrar a solução necessária.

O Raio do ano 2018
2o. Raio

Pessoas benevolentes e sábias. É o raio dos grandes mestres, dos professores, das pessoas que vieram para exercer o sentido da fraternidade. Conduzir as pessoas, daí os professores e mestres possuírem uma forte influência deste raio. É o raio da expansão. Daqueles que vieram trazer mensagens para elevação de toda a humanidade. São facilmente desviados de seus propósitos ou suas opiniões mudam conforme as companhias que cultivam. Das pessoas sensíveis, compassivas e com genuína compreensão pelos outros.

Horóscopo Chines
Ano do Cachorro

Rege de 16 de fevereiro de 2018 a 04 de fevereiro de 2019.

Ano regidos pelo cão são anos de muito senso de justiça, trabalho e de muito perfeccionismo.

As pessoas buscarão seus ideais mais elevados e a estabilidade financeira mostrando o seu talento. Ano ideal para atrair dinheiro e fazer o mesmo render.
Ano de muita franqueza. O grande defeito é a impaciência.

No amor, haverá a tendência de reviver amores antigos.

Numerologia

Para descobrir seu número pessoal para 2018, basta somar o dia e mês de seu aniversário com 2.

Caso dê um número maior que 9 reduza novamente.

  1. Independência. Ousadia. Empreendimentos. Começo.
  2. União. Paciência. Continuidade. Atividades em equipe.
  3. Comunicação. Sociedade. Conhecimento.
  4. Organização. Sacrifícios. Durabilidade. Batalhar.
  5. Liberdade. Aventuras. Transformação.
  6. Proteção. Responsabilidade. Finanças. Dedicar.
  7. Profundidade. Isolamento. Interiorizar. Ouvidos aguçados para o plano espiritual.
  8. Competência. Ano de colheita. Administrar.
  9. Universalidade. Não comece nada. Final de um ciclo. Renovação. Tudo voltado para a humanidade.

Roupa e Joias
adequadas para o Réveillon

Roupas 

  • Júpiter: Azul e Índigo, com tons de Violeta
  • Exu:  Vermelho e Preto
  • Yansã: Coral, Vermelho, Amarelo e Tons de Terra

Jóias

  • Júpiter: Topázios e Ouro
  • Exu:  Pedras de cor preta, como lava vulcânica
  • Yansã: Corais e Zircônia

Mandalas e Simpatias

Como a passagem de ano forma uma egrégora propícia para rituais e todos os tipos de simpatias.

Mandala de captação de paz e harmonia

Material necessário:

  • Essências de aloés, cravo e angélica
  • 3 tacinhas de cristal ou vidro
  • Fio de cobre com cerca de 75cm
  • Vela de 7 dias na cor branca
  • 1 pedaço de ônix
  • 1 olho de tigre
  • 1 drusa de cristal

Com a passagem do ano, forma-se uma egrégora propícia à realização de rituais, uma vez que, todos estão com o pensamento voltado para o novo ano novo.

A montagem de uma mandala será de muita ajuda nos lares de todos aqueles que desejam se sintonizar com um mundo de paz e harmonia.

O melhor horário para a montagem da mandala é no momento em que os ponteiros do relógio estão sobrepostos, como por exemplo, às 12h, 13h05min, 14h10min e assim por diante.

Toda é qualquer mandala, quando montada, requer sejam feitos pedidos em prol da humanidade e nunca para aquele somente que a realiza. Quando estivermos pedindo por paz e harmonia em nossas vidas, devemos também acrescentar ao pedido, a solicitação de paz e harmonia a toda a humanidade. Agindo assim, as leis da magia estão preservadas.

Antes de entrarmos na montagem da mandala, é bom que lembrar que qualquer ato ritualístico requer paz e concentração para que os objetivos sejam alcançados. De nada adianta montar uma mandala quando a mente não está suficientemente direcionada para este fim.

O aparente simples ato de acender uma vela requer uma concentração naquilo que se faz. Qualquer vela deve ser acesa com fósforos e com o pensamento firme naquilo que se deseja, no caso a paz e a harmonia.

No dia da arrumação da mandala, procurar manter-se harmonizado, sem aborrecimentos. Arrumar a mandala fazendo um triângulo com o fio de cobre, apontando uma das pontas para a direção do sol nascente. Acender a vela no centro do triângulo.

Colocar a taça com 21 gotas de cravo na ponta direita do triângulo e a taça com 21 gotas de angélica na ponta esquerda. A taça com aloés na ponta superior do triângulo. Todo o material é colocado pelo lado de dentro do fio de cobre.

Ao lado da taça contendo a essência de cravo, colocar o cristal de ônix e da taça com angélica, o cristal de olho de tigre. A drusa é colocada no meio.

Quando a vela terminar, após o sétimo dia, deve-se “levantar” a mandala. As águas das tacinhas deverão ser colocadas em água corrente e o fio de cobre enrolado nas pedras.

Coloca-se o fio de cobre com as pedrinhas dentro de um saquinho branco. Este saquinho poderá ser trazido junto a si ou colocado pendurado atrás da porta de entrada da casa para atrair paz e harmonia ao lar. Quem irá carregar o breve é o cabeça espiritual da casa.

 

Simpatias para prosperidade

  1. Jogar lentilha nos cantos da casa e não limpar até o dia de reis, pedindo aos três reis magos baltazar, melchior e gaspar que tragam muita prosperidade para a casa. Depois depositar tudo na terra.
  2. Realizar a passagem de ano comendo uvas brancas, símbolo da fertilidade.
  3. Colocar um prato bem bonito com 14 folhas de louro em volta e pó de noz-moscada ralada pela própria mão com um pedaço de um objeto em ouro. Deixar até o dia de reis e guardar as folhas de louro na bolsa ou carteira.
  4. Oferecer uma bandeja de frutas com uma taça de vinho branco ao centro e espalhar muitas moedas e objetos dourados. Pedir a todo o povo da riqueza que lhe traga muita fartura no ano. Deixar por sete dias.
    As moedas e objetos dourados podem ser levados na carteira e o restante despachar na terra. Cuidado para não deixar que nada se deteriore. Caso aconteça retirar e despachar.

 

Simpatia para a saúde

Acender uma vela verde, de 7 dias sobre um pano verde, na medida da palma esquerda da pessoa que se quer atingir ou do dirigente espiritual da casa.

Colocar 7 favas de Omolu em volta, pedindo que todos os nossos desequilíbrios se transformem em equilíbrio na força do arcanjo raphael.

Depois, a cada dia, despachar cada uma das favas durante os 7 dias seguintes e dizer: “te devolvi as 7 favas. Que meu corpo físico tenha saúde e harmonia para que meu espírito se manifeste em toda a sua plenitude”.

Simpatia para o amor

  • Amor – Pegar uma rosa branca, passar por todo o corpo depois do último banho do ano e colocar no mar, fazendo pedidos a yemanjá para viver um grande amor.
  • Paixão ardorosa – Pegar 7 rosas vermelhas colocar na praia em forma de círculo com uma vela vermelha no centro. Dar 7 voltas no sentido anti-horário e começar a pedir para que uma pessoas lhe faça viver uma grande paixão.

 

Preparação da casa

  • Defumação
  • Copo com pastilha de cânfora
  • Água do mar aspergida nos cantos

 

Banhos lustrais para preparação do espírito

  • Ervas: Rosa branca ou alfazema.
  • Romã ou folhas de louro é bom para atrair prosperidade.
  • Essências:  lírio, lótus ou alfazema
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search